set 08

DIA DO GUARDA MUNICIPAL

Na reunião do RCOP de 08 de setembro de 2016, prestou-se uma homenagem à Guarda Municipal de Ouro Preto, por intermédio da entrega de um certificado de honra ao mérito ao Comandante Alexsandro Nunes. As fotos abaixo ilustram momentos da reunião relativa a este assunto.

slide1 slide2 slide3 slide4 slide5

No Brasil, desde 1966, no dia 03 de setembro, é celebrado o Dia do Guarda Civil. Essa data tem a função de homenagear os profissionais dessa área, que colaboram com a manutenção da segurança e da ordem pública na esfera municipal. A história da guarda civil no Brasil remonta à história do aparecimento das instituições de força policial em nosso país.

Uma das primeiras instituições policiais de que se tem notícia no Brasil é o Regimento de Cavalaria Regular da Capitania de Minas Gerais, criado em 09 de junho de 1775. Desse regimento, de cunho civil-militar, participou o alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, um dos líderes da Inconfidência Mineira. Esse regimento constituía uma ramificação do exército real português no Brasil, e seus integrantes eram conhecidos também como “Dragões de Minas”. Além de sua função militar, esse regimento desempenhava também a função de guarda com vistas a garantir a ordem pública da Capitania.

Já no século XIX, com a vinda da família real portuguesa para o Brasil e a elevação da então colônia ao posto de Reino Unido, junto a Portugal e Algarves, houve transformações decisivas na estrutura das instituições militares e policiais do Brasil. Em 13 de maio de 1809, o rei Dom João VI, que já havia se estabelecido no Rio de Janeiro, criou a Divisão Militar da Guarda Real de Polícia. Essa divisão constituiu o primeiro órgão realmente destinado à segurança pública, em sentido estrito.

Na década de 1820, com a Independência e instituição do Império, houve a criação do exército imperial e forças policiais a ele vinculadas. Na época da Regência Trina Provisória, no ano de 1831, para cada Distrito de Paz que existia, foi designada uma Guarda Municipal, que, por sua vez, era dividida em esquadras que cobriam determinados perímetros nos municípios mais populosos.

A partir da fase republicana, os papeis das guardas municipais ficaram cada vez mais bem delineados, com estatutos e regimentos próprios. Além disso, a relação delas com as instituições militares também foi sendo lapidada. Durante o mandato do primeiro presidente do regime militar instituído em 1964, Castelo Branco, o dia do Guarda Civil foi outorgado pela lei Nº 5. 088, de 30 de agosto de 1966. Desde então, o dia 03 de setembro é dedicado a esse profissional.

Atualmente, as guardas civis têm a sua legitimidade assegurada pelo Artigo 144 da Constituição Brasileira de 1988, especificamente em seu parágrafo 8º: Os Municípios poderão constituir guardas municipais destinadas à proteção de seus bens, serviços e instalações, conforme dispuser a lei.

Fonte: FERNANDES, Cláudio. “03 de setembro – Dia do Guarda Civil”; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-guarda-civil.htm>. Acesso em 05 de setembro de 2016.

ago 25

PALESTRA ASOP

No dia 25 de agosto de 2016, o RCOP recebeu com alegria a visita de Rúbia Araújo Borges e Vanessa Souza, membros da ASOP – Associação dos Surdos de Ouro Preto. Elas realizaram recentemente um estágio no Centro de Educação para Surdos – CES do Colégio Rio Branco (Fundação de Rotarianos de São Paulo), com apoio de nosso Club. Elas participaram de aulas e reuniões com a administração do Colégio, No final, voltaram muito entusiasmadas com a experiência, e a possibilidade de aplicarem o conhecimento na educação para surdos em nossa região.

De acordo com Rúbia, que é estudante de graduação em Letras na UFOP, o Centro de Educação pra Surdos – CES Rio Branco está localizado na cidade de Cotia, São Paulo. Este Centro faz parte da rede do Colégio Rio Branco da Fundação de Rotarianos de São Paulo. O CES surgiu em 1977 e desde então oferece atendimento a crianças e jovens surdos, em maioria proveniente de famílias de baixa renda, sempre preocupado com o respeito às diferenças e com efetiva inclusão da minoria surda na sociedade majoritariamente ouvinte. O CES oferece uma educação pautada do educando e na valorização e respeito à diversidade cultural e linguística, atuando numa perspectiva educacional bilíngue, na qual a língua é concebida como atividade de natureza sociocognitiva e promotora de interação humana. Além disso, o CES Rio Branco acredita que a interação com a família das crianças é extremamente importante para o desenvolvimento da criança e jovens em todas as etapas. Dessa forma, quando uma criança surda inicia suas atividades no colégio, é oferecido um curso de Libras gratuitamente aos familiares. E, considerando a presença e acompanhamento dos pais como algo fundamental, o colégio oferece diversas atividades interativas de participação e atuação no processo educacional das crianças.

As fotos a seguir ilustram momentos da palestra proferida por Rúbia e Vanessa, e mais alguns momentos da reunião. Fotos do companheiro Rotizen.

slide1

slide2

slide3

slide4

 

ago 14

INTERCAMBISTA DA DINAMARCA

Chegou em Ouro Preto no dia 10 de agosto o intercambista do RCOP para o ano rotário 2016-2017. Trata-se de Christoffer Andreas Brandt, natural de Copenhagen, Dinamarca. Ele tem 16 anos, e está instalado atualmente na residência do prof. Marcone Jamilson Freitas Souza (Reitor da UFOP) e esposa Cássia. Christoffer é muito simpático, já fez amizades e assistiu a uma partida de futebol (uma de suas paixões) pelas Olimpíadas de 2016 em Belo Horizonte. Christoffer é enviado pelo Rotary Club de Gentofte (Distrito 1470),  município situado ao lado de Copenhagen, com uma área de 26km2 e população de aproximadamente 75.000 habitantes.

As fotos a seguir, tiradas pelo companheiro Rotizen Reggiani, ilustram a participação de Christoffer em nossa reunião semanal. Em seguida, temos um pequeno texto e fotos sobre a Dinamarca e a capital Copenhagen, tudo adaptações da Wikipédia.

Slide03

Slide01 Slide02

Slide04 Slide05 Slide06 Slide07

DINAMARCA

Dinamarca, oficialmente Reino da Dinamarca, é o mais meridional dos países nórdicos da Europa Setentrional, a sudoeste da Suécia e ao sul da Noruega, delimitado no sul pela Alemanha, e banhado ao norte pelo Mar Báltico e pelo Mar do Norte. O país é composto por uma grande península, a Jutlândia, e 443 ilhas, das quais 78 habitadas, com destaque para a Zelândia (Sjælland), Funen (Fyn), Vendsyssel-Thy, Lolland, Falster e Bornholm, assim como centenas de ilhas menores, muitas vezes referidas como o Arquipélago Dinamarquês. A Dinamarca há muito tempo controla a entrada e a saída do Mar Báltico, já que isso só pode acontecer por meio de três canais, que também são conhecidos como os “Estreitos Dinamarqueses”.

A língua nacional, o dinamarquês, é próxima do sueco e do norueguês. A Dinamarca compartilha fortes laços históricos e culturais com a Suécia e com a Noruega. 82,0% dos habitantes da Dinamarca e 90,3% da etnia dinamarquesa são membros da Igreja Estatal Luterana. Cerca de 9% da população tem nacionalidade estrangeira, sendo que uma grande parte deles são provenientes de outros países escandinavos.

O país é uma monarquia constitucional com um sistema parlamentar de governo. Possui um governo central e outros locais em 98 municípios. O país é membro da União Europeia desde 1973, embora não tenha aderido ao euro, e um dos membros fundadores da Organização do Tratado do Atlântico Norte e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico.

A Dinamarca, com uma economia mista capitalista e um estado de bem-estar social, possui o mais alto nível de igualdade de riqueza do mundo, sendo considerado em 2011, o país com menor índice de desigualdade social do mundo. A Dinamarca tem o melhor clima de negócios no mundo, segundo a revista estadunidense Forbes. De 2006 a 2008, pesquisas classificaram a Dinamarca como “o lugar mais feliz do mundo”, com base em seu princípio de saúde, bem-estar, assistência social e educação universal. O Índice Global da Paz de 2009 classificou a Dinamarca como o segundo país mais pacífico do mundo, depois da Nova Zelândia. A Dinamarca também foi classificada como o país menos corrupto do mundo em 2008, pelo Índice de Percepção de Corrupção, compartilhando o primeiro lugar com a Suécia e a Nova Zelândia.

COPENHAGEN

Pela primeira vez documentada no século XI, Copenhagen (porto do mercador) tornou-se a capital da Dinamarca no início do século XV, e durante o século XVII, sob o reinado de Cristiano IV, tornou-se um importante centro regional. Muitos historiadores acreditam que a cidade remonta à era Viking, quando já existia um vilarejo de pescadores de nome “Havn” (porto) no local. A partir de meados do século XII, a vila cresceu em importância após passar às mãos do Arcebispo Absalão, que a fortificou em 1167, ano tradicionalmente mencionado com o da fundação de Copenhagen. O excelente porto incentivou o seu crescimento até tornar-se um centro comercial importante. Copenhagen sofreu repetidos ataques da Liga Hanseática, quando os alemães começaram a interessar-se pelo local. Em 1254, foi elevada à categoria de cidade durante o bispado de Jakob Erlandsen. No período entre 1658 e 1659, enfrentou um forte cerco promovido pelos suecos, sob o comando de Carlos X. Em 1801, uma frota britânica comandada pelo almirante Parker travou a batalha de Copenhagen contra a marinha dinamarquesa, no porto da cidade. O bombardeio da cidade em 1807 (a segunda batalha de Copenhagen) por uma força expedicionária britânica causou danos intensos e centenas de mortos. Nos anos 1850, as muralhas da cidade foram abertas para permitir o desenvolvimento urbano, com a construção de novos edifícios. Em 1901, a cidade expandiu-se novamente, de modo a incorporar comunidades com 40.000 habitantes, o que tornou Frederiksberg um enclave dentro de Copenhagen. A cidade foi ocupada por tropas alemãs entre 9 de abril de 1940 e 4 de maio de 1945, durante a Segunda Guerra Mundial, juntamente com o restante do país. Copenhagen expandiu-se consideravelmente após a guerra. Desde 2000, as cidades de Copenhagen e Malmö são ligadas por uma ponte-túnel (a ponte do Øresund), utilizada por veículos rodoviários e ferroviários.

Com uma população urbana de mais de 1.200.000 habitantes e uma população metropolitana de cerca de 2.000.000 habitantes, Copenhagen é uma das áreas mais densamente povoadas no norte da Europa. Situada nas ilhas da Zelândia e Amager, é a cidade mais visitada dos países nórdicos. Como principal centro de comércio da Dinamarca, Copenhagen controla as exportações e importações do país através do seu porto marítimo, que é um porto franco. A cidade comercializa sobretudo produtos derivados do leite, da lã e do gado. As suas indústrias são variadas e incluem a têxtil, a química, a de motores, a de construção naval, a de relógios, a de artigos de pele, a do tabaco, a do mobiliário, a do chocolate, refinarias de açúcar, a de licores, destilarias e a de instrumentos musicais. No entanto, as mais famosas são a de artigos de porcelana (a Fábrica Real de Copenhagen foi fundada há 200 anos) e a de prata artesanal.

Copenhagen possui uma universidade que data do século XV, a Real Universidade Veterinária e Agrícola e a Universidade Técnica da Dinamarca. É o centro de arte e literatura no contexto da Europa do Norte. Possui um teatro real desde 1874, com um consagrado ballet e uma biblioteca real com 600.000 livros. Copenhagen é um importante centro regional de cultura, negócios, mídia e ciência.

Slide08 Slide09 Slide10 Slide11 Slide12 Slide13 Slide14

 

ago 01

HORTA EM ANTÔNIO PEREIRA

Conforme noticiado neste site no dia 19 de novembro de 2015, o RCOP foi contemplado pela empresa VALE com recursos para execução do projeto “Antônio Pereira – rumo ao desenvolvimento orgânico e sustentável”. Este projeto é de responsabilidade da companheira Vera Lúcia Guarda, e foi desenvolvido na gestão do companheiro Álvaro Guarda. Trata-se do incentivo de avanços sociais e ações empreendedoras no distrito de Antônio Pereira. Um dos objetivos do projeto é a criação de uma horta com plantação de legumes e verduras, para comercialização na comunidade. As fotos a seguir, tiradas pelo companheiro Richer Lucas,  mostram o desenvolvimento da horta. Richer também colabora neste projeto.

Imagem1

jul 28

CAMPANHA HEPATITE ZERO

No dia 28 de julho de 2016, aproveitando a comemoração do dia mundial de prevenção contra a hepatite, o RCOP organizou a Campanha Hepatite Zero. Trata-se de uma parceria com a Universidade Federal de Ouro Preto, a UNIMED dos Inconfidentes e o Rotaract de Ouro Preto, para aplicação de testes de sangue na comunidade, para verificação de contaminação com hepatite.

O projeto faz parte das ações desenvolvidas pela nossa Comissão de Projetos Humanitários, liderados pela companheira Creuza Mendes. Ele foi executado principalmente pelas companheiras Maria Cecília Tropia Costa e Ana Paula Araujo Costa.

A adesão ao projeto foi tão intensa, que os 300 testes disponibilizados acabaram em menos de 3 horas. Espera-se realizar mais uma campanha desta natureza ainda neste ano.

O RCOP agradece a logística oferecida pela Guarda Municipal, e a divulgação efetuada por todas as emissoras de rádio da cidade. As fotos abaixo ilustram momentos da campanha.

Imagem1

Imagem2 Imagem3 Imagem4 Imagem5

 

jul 20

CHÁCARA MINAS BISTRÔ

O nosso companheiro Alex Brito inaugurou no dia 08 de julho (aniversário da cidade), um restaurante – casa de shows situado na rua Conselheiro Quintiliano, 254,  Lages, a apenas 400m da Praça Tiradentes. O espaço oferece uma culinária requintada e apresentações musicais com profissionais renomados da MPB e artistas locais.

As fotos abaixo ilustram o ambiente no dia da inauguração, com o show do compositor Tunai. As fotos e o texto a seguir são do companheiro Amantino Ansaloni, www.jornalvozativa.com

Imagem1

Imagem2

Um local de extremo bom gosto. Um casarão por onde passaram grandes nomes da música e da arte brasileiras, quando nas décadas de 1960 e 1970, reunidos com os artistas Ivan Marquetti e Carlos Scliar, proprietários do local então recebiam outros artistas que passavam por ali em temporadas de grande efervescência cultural.

Um deles estava ali no último dia 08 de julho, aniversário de Ouro Preto. Tunai. Acompanhado do percussionista e produtor Bruno Felga, com casa lotada, Tunai fez o Show de Inauguração da Chácara Minas Bistrô. Um novo espaço, num antigo, histórico e conservado ambiente que fará seus momentos de lazer muito mais especiais na cidade monumento mundial.

Além de oferecer o melhor da gastronomia mineira, A Chácara Minas Bistrô receberá obras de artistas plásticos e os primeiros a expor ali, logo no 1º dia, foram Paulo Roberto Valadares, Emiliana Marquetti e Fabiano Rocha.

“Além disso, afirma o proprietário Alex Brito, vamos contratar sempre artistas locais para se apresentarem”. E a promessa já começou a ser cumprida com a apresentação de Celso Alves, já no 2º dia de casa aberta.

jul 20

CASAMENTO DE RAUL

O nosso companheiro Raul Augusto Spineli da Silva casou-se com Mariana no dia 17 de julho passado. A cerimônia aconteceu em Timóteo/MG. Os companheiros Richer Silvério Lucas e Ronaldo Maciel Dutra representaram o RCOP no evento. As fotos abaixo ilustram momentos do casamento. Parabéns para o casal!

Imagem1

Imagem2

Imagem3

 

jul 14

BIBLIOTECA DE RUA DO RCOP

Na reunião do RCOP de 14 de julho de 2016, a companheira Creuza Mendes lançou o Projeto Biblioteca de Rua. O Projeto foi organizado por Creuza e demais membros da Comissão de Projetos Humanitários do RCOP.

Trata-se de uma iniciativa para incentivar a leitura em nossa comunidade. Dez estantes de madeira foram distribuídas em casas comerciais situadas em pontos estratégicos da cidade e em seus distritos, contendo diversos livros infanto-juvenis e adultos. O interessado se aproxima, escolhe um livro e leva para casa gratuitamente. Pode também trocar por outro livro e/ou fazer doações de mais livros. A iniciativa tem atraído muitas pessoas, inclusive turistas. As pessoas tem ficado tão entusiasmadas, que já teve gente perguntando se poderia levar também a estante para casa…

Neste momento, existem estantes nos seguintes locais: Pesque-Pague Varandão (Santa Rita), Cachaça Loreto (Chapada), Açougue Zacarias (Água Limpa), CAIS (Rosário), Farmácia (Lavras Novas), Pouso dos Viajantes (Barra), Pousada Toledo (Lages), Av. JK 42 (Bauxita).

As fotos abaixo, tiradas pelos companheiros Tino Ansaloni e Richer Lucas, ilustram momentos da reunião, com destaque para o Projeto Biblioteca na Rua.

Imagem1

Imagem2

Imagem3

 

jul 06

PRESIDENTES DA ÁREA 01

Todos os presidentes de clubes da Área 01 do Distrito 4580 já tomaram posse. São eles os seguintes companheiros:

a) Conselheiro Lafaiete: Jonas Enquadrasse Oliveira

b) Congonhas: Frederico Augusto Paiva

c) Itabirito: Maria Beatriz Ribeiro de Castro Ferreira

d) Ouro Preto: Leonardo B. Godefroid

e) Mariana: Paulo Cesar Souza

As fotos abaixo apresentam os presidentes, sempre com a presença amiga e conselheira do companheiro Edson Santos, Governador Assistente da Área 01.

Slide1

jul 02

POSSE GOVERNADOR ANDRÉ COTA

No dia 02 de julho de 2016, foi realizada a solenidade de posse do Governador do Distrito 4580 para o Ano Rotário 2016-2017. André Cota assumiu o comando do Distrito, e deu posse ao seu Conselho Diretor. O RCOP esteve presente com a maior caravana. As fotos abaixo ilustram momentos da bela festa de companheirismo.

Slide1 Slide2 Slide3 Slide4

 

Posts mais antigos «