DIA DO PALHAÇO comente aqui

Na reunião ordinária do RCOP de 01/12/11, o companheiro Armênio introduziu o amigo Ewerton Andrade Martins, que realiza um belo trabalho na comunidade, levando alegria e mágica aos pacientes do Hospital de Ouro Preto. Ewerton participa de um projeto com estudantes de medicina da UFOP, e também trabalha em restaurantes da cidade.

A seguir, fotos que representam a homenagem ao Dia do Palhaço.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abaixo, uma breve descrição da experiência do Ewerton.

 

Olá Pessoal!!
Só alegria??

Segue um pouco da minha Historia:

Sou o primeiro filho dos meus pais e primeiro neto dos meus avós maternos. Nasci em 21 de março de 1988 em Caruaru PE, onde permaneci até os 8 anos de idade, com minha familia (2 irmãos mais novos, pai e mãe).

 Meu pai ( hoje aposentado) trabalhava no Banco do Brasil em Caruaru e foi transferido no inicio de 1996 para São José dos Campos, interior de São Paulo, onde passei o resto da minha infância e juventude. Aos 13 anos de idade fui comprar uma roupa para ir em um aniversario de 15 anos de uma amiga em um dos Shoppings de São José dos Campos. No Shopping havia um pequeno quiosque que vendia alguns Kits e pequenos números de mágica. Achei interessante e decidi comprar uns truques simples de cartas… esse foi o meu primeiro contato com a mágica!!! Até hoje sou agradecido a minha amiga que me convidou para a bendita festa…

Aos poucos fui me empolgando e gastando todo dinheiro que eu conseguia comprando as mágicas do quiosque… Após um ano comecei a animar festas com números relativamente simples e pouco elaborados… Aos 15 anos consegui entrar em 2 grupos de teatro, foi meu primeiro contato com as Artes Cênicas… Desde então nunca mais parei!

Desisti de prestar Ciencias da Computação no Vestibular para tentar Artes Cênicas, o que desagradou toda a familia!! Não mudei de ideia, em 2007 estava chegando em Ouro Preto, aprovado no vestibular de Artes Cênicas… No primeiro ano saia de palhaço com alguns colegas pelas ruas de Ouro Preto, apenas por diversão.. Não cobrávamos nem pediamos dinheiro para ninguem! Importante ressaltar que nessa época eu não possuia nenhuma técnica de palhaço, não tinha feito nenhum curso, não conhecia quase nada… As saídas pelas ruas da cidade eram a maneira que eu e meus colegas encontramos para pesquisar e aprender a ser palhaços!!

No fim de 2007 iria acontecer o I Encontro Mundial de Mágicos em Belo Horizonte, queria muito mas não tinha dinheiro. Passei a trabalhar como mágico-palhaço em restaurante das cidades, apara arrecadar fundos! Consegui juntar dinheiro e fui desfrutar o encontro que foi meu primeiro contato com a Mágica de Alto Nível Profissional!!

Em 2008 fui convidado para trabalhar na Santa Casa de Ouro Preto, por um projeto que recebe o apoio da Fundação Gorceix. O trabalho no hospital me permitiu conhecer diversos estudantes de medicina, que me convidaram para orientá-los em um projeto que eles estavam desenvolvendo. Hoje o “HAART-Humanização através da Arte” é um projeto que tem aproximadamente 15 intregantes, todos estudantes do Curso de Medicina, que estudam, pesquisam e desenvolvem um importante trabalho artistico no hospital. Ainda continuo dando algumas aulas para os integrantes do HAART.
Foi no Hospital e nas ruas que eu desenvolvi tecnicas próprias de teatro/palhaço e mágica, e apenas em 2009 fui fazer meu primeiro Curso de Palhaço em Campinas.

Terminei minha Graduação no fim do ano passado, no inicio desse ano fui estudar no “Noveau Clown Institute” uma importante escola de palhaços localizada em Barcelona-Espanha… Eu e uma guria do Rio Grande Sul fomos os únicos brasileiros selecionados para fazer tal curso.  Novamente foi muito difícil conseguir dinheiro, mas com a ajuda da UFOP, da família e de amigos, conseguir atravessar o Atlântico. Na Espanha consegui fazer muitos amigos, apresentei em cabarets e pequenos espétaculos, trabalhei na rua… fui dirigido e orientado por grandes Mestres Palhaços e ganhei muito material para pesquisas que estou desenvolvendo atualmente. De volta ao Brasil continuo trabalhando de palhaço e mágico no Hospital e nos Restaurantes da cidade. Estou montando o meu primeiro espetáculo e prestando prova para o Mestrado na UFOP em Estética e Filosofia da Arte, além de constinuar com a pesquisas em Filosofia, Teatro, Palhaço e Mágica.

Eh isso…ficou um pouco grande, mas é isso!!

Ah, eu nunca me associei a nenhuma associação de mágicos no Brasil. Por incrivel que pareça, a unica associação que estou de alguma forma inserido é a AMIC: Associació de Mags i Illusionistes de Catalunya, localizada em Barcelona.

Abraços Mágicos

Ewerton A.

Uma resposta para “DIA DO PALHAÇO comente aqui”

  1. Mais uma noite de companheirismo e muita diversão junto da família rotária. Ainda mais animados com a comemoração do dia do palhaço. Que venham outras reuniões assim!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *