MONTANHA DOS PRAZERES comente aqui

De acordo com a wikipedia, Lavras Novas, distrito de Ouro Preto, dista cerca de 20 km da sede. O distrito data de aproximadamente 1716 e sua comunidade é de maioria negra, cercado por esplêndidas paisagens de montanha. Foi descoberta recentemente pelos turistas, que procuram o local em busca da cultura local, da paz, da natureza e da aventura.

Trata-se de um desses lugares que se guardaram por muito tempo. Uma localidade outrora perdida, felizmente redescoberta pelos visitantes. Já é grande o movimento de turistas nos finais de semana e feriados prolongados. Belas pousadas e restaurantes já despontam no relevo montanhoso, proporcionando conforto e deleite junto à simplicidade do povo e rusticidade da paisagem.

Pela estrada já dá para ver que o destino é especial. Afinal, o caminho já é parte do passeio. Preste atenção nas curiosidades. De repente, em meio à estreita estrada, subindo a serra, você se depara com uma pedra perfeitamente equilibrada sobre um pequeno apoio. Mágica? Não, física pura!

O distrito é pequeno e sua visão dominada pela matriz N. Sra. dos Prazeres. O nome parece ser proposital. O prazer é a sensação dominante em Lavras Novas, alternada por vezes pela surpresa, pelo encantamento… Berço de muitas lendas, incluindo uma que diz ter existido ali um quilombo. Os mitos são traduzidos no rico folclore de Lavras Novas. As maravilhas naturais se escondem. O trajeto nem sempre é dos mais fáceis. Requerem um pouco de esforço a mais. Mas vale a pena! Sempre!

Não é a toa que Lavras Novas tem como padroeira a Virgem dos Prazeres. Nada mais oportuno. Montanha dos prazeres!…

Um local deslumbrante como este é sempre convidativo para o companheirismo. Recentemente, Juninho, Armênio, Pedro, e respectivas esposas foram conferir. Foi em um domingo de sol, com muito tira-gosto e cerveja gelada. Leonardo e Vera Lúcia também passaram por lá, e descobriram o cálice sagrado do Graal. As fotos a seguir documentam os passeios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *