FESTA DE BABETE 2015 comente aqui

Em sua reunião de 26 de março, o RCOP recebeu a visita do companheiro Gonçalo José Araujo, do Rotary Club de Itabirito. Gonçalo veio convidar-nos para a Quinta Festa de Babete, que consiste num jantar temático italiano, especializado em massas, com arrecadações para aplicações na comunidade. A festa ocorrerá no dia 11 de abril.

Nesta reunião, o casal Fábio-Nelieny aproveitou para comunicar seu casamento, que ocorrerá no dia 02 de maio.

As fotos abaixo, tomadas pelo companheiro Rotizen, mostram alguns momentos da reunião.

Slide1

Slide2

Slide3

Slide4

Slide5

ÁGUA E CULTURA comente aqui

A Samarco e a Livraria e Editora Graphar lançaram na noite de 23 de março o livro Água e Cultura – Inventário de fontes de Águas de Ouro Preto. A publicação é o resultado de mais de um ano de pesquisa para a identificação e caracterização das fontes de água da cidade, num trabalho realizado pelo organizador da publicação, o editor e produtor cultural Paulo Lemos, em parceria com a UFOP (Universidade Federal de Ouro Preto), o IGAM (Instituto Mineiro de Gestão das Águas) e a ANA (Agência Nacional de Águas).

O evento marcou, também, a assinatura de uma carta de intenções entre a Samarco, UFOP e FEOP (Fundação Educativa de Rádio e Televisão Ouro Preto) e Livraria e Editora Graphar, para o desenvolvimento de inventários – nos moldes do realizado em Ouro Preto – nas cidades de Mariana, Catas Altas e Santa Bárbara. Esses inventários também serão transformados em livros para a disseminação do conhecimento sobre as fontes de água da região. A Samarco anunciou, ainda, a adoção de três nascentes de Ouro Preto inventariadas no livro, para que seja feita uma completa revitalização dos locais. A empresa prevê que ações semelhantes possam ser realizadas nos outros três municípios após o trabalho de diagnóstico.

A publicação reúne informações sobre as nascentes de água em Ouro Preto, como localização, quantidade e qualidade da água. O livro também destaca os usos das fontes e os riscos que afetam cada uma. O conteúdo, organizado por Lemos, é de autoria dos professores da UFOP Vera Lúcia Miranda Guarda (esposa do nosso companheiro Álvaro Guarda), Alberto de Freitas Castro Fonseca, Antenor Rodrigues Barbosa Júnior, Adivane Terezinha da Costa, Hubert Mathias Peter Roeser (nosso companheiro) e José Francisco do Prado Filho. Parte da tiragem inicial será distribuída, gratuitamente, para bibliotecas e escolas públicas de Ouro Preto.

O Rotary International tem como uma de suas prioridades justamente a questão da água no mundo. Recursos hídricos é ênfase da mais alta prioridade, pois é a primeira necessidade de qualquer ser humano. Talvez pudéssemos viver sem petróleo, mas ninguém consegue viver sem água. Assim, cabe a nós levar água potável àqueles que dela carecem, como também garantir a segurança e a qualidade dos mananciais existentes. Esta é uma área na qual o RI acredita muito, haja vista que está envolvido com o assunto pelos últimos 20 anos. Com base nesta experiência projetos hídricos devem englobar saneamento, pois sem isso os frutos de nossos esforços podem ser facilmente destruídos. Neste contexto, a edição do livro Água e Cultura chega em um momento muito oportuno. O RCOP cumprimenta as entidades envolvidas e os professores autores do belo trabalho.

Livro Água e Cultura

Texto e foto: adaptações de www.ouropreto.com.br

EXPOSIÇÃO DE FOTOS OURO PRETO SÉCULO XIX comente aqui

Exposição de imagens do século XIX revela importância de Ouro Preto para a fotografia
A abertura da mostra A fotografia em Ouro Preto no século XIX, às 20h30 do dia 20 de março, sexta-feira, inaugurou as atividades do ano na Sala Manoel da Costa Athaide, Anexo I do Museu da Inconfidência (Ibram/MinC). A visitação é gratuita e ocorre de terça a domingo, das 10 às 18h, até 3 de maio. Estão sendo expostas imagens e apresentadas informações que evidenciam a relevância da cidade para a história da fotografia. De 1845 a 1900, Ouro Preto recebeu o maior número de fotógrafos em Minas Gerais. Eles trabalharam tanto de forma itinerante, como em ateliês permanentes.
A iniciativa da exposição é do projeto Itinerâncias – a expansão da fotografia em Minas Gerais no século XIX, que objetiva estimular reflexões sobre a história da fotografia no estado. A proposta é trazer à tona diferentes representações da cidade e retratos diversos, que permitam enfatizar a trajetória dos fotógrafos. Estes vieram de vários países e divulgaram seu trabalho, principalmente, por meio de anúncios em jornais e revistas. Exemplos de fotografias presentes na mostra são apresentados a seguir.
Nossa companheira Margareth Monteiro e o prof. Rodrigo Vivas (UFMG) são curadores desta mostra. Eles estiveram no RCOP em 19 de março, apresentando o projeto, conforme mostra foto abaixo.
Imagem1
Imagem2
Imagem3
Imagem4

TARDE DE MASSAS comente aqui

Rotarianos de Ouro Preto e de Mariana participaram neste domingo, 08 de março, da “Tarde de Massas” promovida pelo Lions Clube de Ouro Preto, com a apoio do Clube do Alumínio, e com a finalidade de arrecadar fundos para revisão dos pacientes em tratamento médico de retinopatia diabética.

Com aplicação do pensamento “Dar de si antes de Pensar em si”, aproveitou-se para o companheirismo.

A foto abaixo ilustra um momento do encontro.

Lions 2015

RCOP EM MARIANA comente aqui

O Rotary Clube de Mariana (RCMariana) comemorou os 110 anos de Rotary International nesta última quarta-feira, em reunião festiva ocorrida no Salão Rosa do Hotel Müller. Nesta reunião, prestou-se uma homenagem de “reconhecimento” a rotarianos do clube pela dedicação, destaque e comprometimento com as causas rotárias, sendo agraciados os rotarianos Geraldo Raimundo e André Cota. O RCMariana, contando com a presença das Senhoras da Casa da Amizade, também prestou homenagens, de forma antecipada, às mulheres pelo “Dia Internacional da Mulher” que é comemorado no dia 08 de março.

 Nesta importante comemoração em reunião festiva, com um caráter muito especial, foram empossados mais dois novos rotarianos os quais com suas respectivas experiências, com idealismo e integração no ideal de servir, a partir de agora passam a fazer parte do maior exército do bem, trazendo consigo o lema rotário: “Dar de Si, Antes de Pensar em Si”. Os jovens rotarianos, Leandro Henrique e Luciano Coutinho, na solenidade de posse receberam as boas vindas ao Rotary Clube de Mariana.

 O Rotary Club de Ouro Preto (RCOP) esteve presente a esta reunião festiva, por intermédio de seu presidente Luiz Antônio Junqueira e esposa, e os companheiros Múcio Junqueira (um dos idealizadores do RCMariana) e Leonardo Godefroid. Na ocasião, Leonardo apresentou uma breve palestra sobre a importância de Rotary, onde lembrou alguns pensamentos do fundador Paul Harris, expondo e argüindo por que não utilizarmos o pensamento daquela época, adequando-os aos dias atuais. Também se fez presente às festividades de Comemoração dos 110 anos do Rotary International o secretário de Cultura e Turísmo do município de Mariana, o Sr. Antonio Delfonso.

 Ao encerrar a reunião o presidente Ricardo Dutra convidou a todos para um delicioso jantar, e que o momento fosse aproveitado para o fortalecimento do companheirismo.

O texto acima e a foto seguinte são parte de um artigo publicado no Jornal O Espeto, de responsabilidade do companheiro Leandro Henrique, RCMariana.

O Espeto